Ainda dá tempo de se vacinar contra o HPV

O Papiloma Vírus Humano (HPV) é um conjunto com mais de 100 vírus responsáveis por provocar verrugas na pele ou na mucosa, e nos piores casos, câncer nas regiões íntimas e na garganta.

Muitas pessoas comentam que a vacina preventiva só funciona quando é aplicada na infância. Em parte é verdade: o recomendado é tomar entre 9 e 13 anos de idade, no caso das meninas e entre 12 e 13 anos, no caso dos meninos.

Já em mulheres mais adultas, a vacina é menos eficaz devido a maior probabilidade de relações sexuais e, consequentemente, exposição ao vírus. A principal via de transmissão é através da penetração desprotegida (vaginal ou anal) e do sexo oral. Também é possível que a mãe transmita a doença para o bebê durante o parto.

A verdade é que a maioria das pessoas sexualmente ativas terá HPV em algum momento da vida  sem ter consciência disso. Um dos motivos é a ausência da manifestação de sintomas.

Com ou sem vacina, é importante o uso de preservativos para evitar a transmissão não só do HPV, mas de qualquer doença sexualmente transmissível.