Outubro Rosa

“A prevenção é pilar fundamental em qualquer doença.”

Estamos novamente em outubro, o mês escolhido para reforçarmos um assunto muito importante para as mulheres. Hoje sabemos que o câncer de mama é uma doença heterogênea e com padrão de comportamento distinto.

Estamos vivendo a era da biologia molecular e isso determina tratamentos individuais, quando levamos em consideração todas as características de cada caso. Existem medicações que atuam especificamente em cada variável da doença, assim como cada paciente se beneficia de determinado tipo de cirurgia. Em muitos casos e após o aparecimento de novos testes, houve diminuição da agressividade no tratamento. Hoje sabemos por exemplo, que a quimioterapia pode ser evitada em muitos casos.

O assunto é complexo e inclui avaliações multi e interdisciplinares. As várias especialidades médicas (cirurgião, oncologista clínico, radioterapeuta), assim como outras disciplinas (psicologia, fisioterapia, nutrição), são fundamentais para adesão e uma boa evolução do tratamento.

A psico-oncologia é uma especialidade da psicologia que acolhe e acompanha cada paciente num momento em que o planejamento de vida muda radicalmente. Entender esse novo momento que altera a estrutura não só do paciente, mas dos familiares e amigos é fundamental, alivia e melhora a evolução do tratamento.

Quando tiver dúvida de alguma alteração na mama, não deixe de consultar seu médico. O câncer de mama é uma doença curável para aproximadamente 80 % das mulheres, quando diagnosticado em fases iniciais e as novas estratégias de detecção da doença, aliadas a tratamentos cada vez mais precisos, tem mostrado aumento da sobrevida.

 

Dr. Ricardo Faure / Dra. Patrícia Pereira Faure